003 LATERAL BIO ERVAS004 LATERAL MARIA ROSA MODAS
005 LATERAL MOVEIS OESTE006 LATERAL MOVEIS OESTE
013 LATERAL GRANDE TIAGO PAULIQUE014 LATERAL FACULDADE
017 LATERAL AD TINTAS 09-04-2019 A 10-04018 LATERAL GRANDE NOVA ALFA 01-08-2019
021 LATERAL FAMA ESPORTE022 LATERAL FAMA ESPORTE
025 LATERAL ESCRITORIO026 LATERAL ESCRITORIO
031 LATERAL WARLEY RELOGIOS
A+ A-
Imprimir matéria

01/10/2019 [09h11]

‘Maior problema do governo do Paraná é previdência’, diz secretário da Fazenda

CONTAS QUE NÃO FECHAM
‘Maior problema do governo do Paraná é previdência’, diz secretário da Fazenda O secretário de Estado da Fazenda, Renê Garcia Júnior, afirmou ontem em audiência pública de prestação de contas do segundo trimestre de 2019, na Assembleia Legislativa, que o crescimento dos gastos com aposentados e pensionistas é o maior problema do governo paranaense hoje. Segundo ele, as despesas com servidores inativos cresceu 13% nos primeiros oito meses do ano em comparação com o mesmo período do ano passado, e seguem em trajetória crescente.

“Problema principal do Estado do Paraná é a evolução e a trajetória das despesas previdenciárias”, destacou Garcia Jr, afirmando que a situação é “explosiva”, e foi agravada pela corrida motivada pela reforma da previdência em discussão no Congresso Nacional. De acordo com o secretário, 1 mil servidores a mais do que o esperado pediram aposentadoria com medo da reforma.

Segundo Garcia Jr, o Paraná também não deve esperar ajuda do governo federal, cujas transferências ao Estado vem caindo. “Não contem com o governo federal. O governo federal não é uma fonte estável de recursos, seja para custeio, seja para investimento”, alegou.
Reajuste - O secretário defendeu, também, a proposta do governo de parcelar em quatro vezes até 2022, o reajuste salarial dos servidores do Executivo, de 5,08%, com o pagamento de 2% em janeiro do ano que vem; 1,5% em janeiro de 2021 e mais 1,5% em janeiro de 2022. O pagamento dos dois últimos índices está condicionado ao aumento da arrecadação. 

O funcionalismo, que está com os salários congelados desde 2016, e acumula perdas inflácionárias de 17%, reivindicava a reposição integral, de 4,94%, sem parcelamento.
Renê Garcia Jr defendeu a proposta do governo federal de acabar com a vinculação dos salários dos servidores públicos à inflação. 

“O governo federal vai acabar com a indexação da economia. Inflação é mau, é um imposto. Ninguém é protegido pela inflação”, disse.
O deputado estadual Professor Lemos (PT) rebateu Garcia Jr, afirmando que os gastos com pessoal nos primeiros oito meses ficaram em 44,51% da receita corrente, abaixo dos limites legais. “Houve queda na despesa com pessoal e há margem financeira para atender ao servidor do Executivo”, defendeu Lemos.
Fonte: Bemparana.com.br/Foto:Dálie Felberg/Alep

Comentários

Outras matérias da Coluna Política em destaque

001 LATERAL FORNETTO PIZZARIA002 LATERAL FARMÁCIA LÍDER MAIS
012 LATERAL GRÁFICA MS011 LATERAL GRÁFICA MS 01-10-2019 A 01-01-2020
015 NOSSO CHOPP016 LATERAL GRANDE 100% MOTOS
019 LATERAL SPEED JET 15-06-2019020 LATERAL MILAN TINTAS 01-08-19A01-08-2020
023 LATERAL PEQUENO MILAN CURSOS024 LATERAL PEQUENO MILAN CURSOS
030 LATERAL GRANDE cidinhu's brinquedos031 LATERAL CIRURGIÃ DENTISTA VANESSA STOCCO

Próximas datas comemorativas

17/10 - Dia do Eletricista

18/10 - Dia do Médico

MoreiraNet.com

Avenida João Adamo, 912, centro - Moreira Sales - Paraná

CEP: 87.370-000

 

Contatos:

Telefone (fixo): (44) 3838-8080

Telefone (celular): (44) 9 9971-7471 - Badô

Telefone (celular): (44) 9 9901-2910 - Lorena


E-mail: eaduartecontato@hotmail.com  

 

Redes Sociais

Facebook:

www.facebook.com/moreiranet

You Tube: 

www.youtube.com/moreiranet

Instagran:

www.instagran.com/moreiranet6

WhatshApp:

Grupos 01, 02, 03, 04 e 05. 

                                                                    

 Direção Geral: 

E.A. DUARTE PRODUÇÕES - ME

https://www.facebook.com/eaduarteproducoes/ [LOGO] MoreiraNet.com
MoreiraNet.com © 2018-2019 / Todos os Direitos Reservados / E.A. Duarte Produções-ME / Moreira Sales - Paraná